quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Haiku

O Haiku, conhecido e algo transcedente modo poético do Japão é, a meu ver, uma das mais belas formas de contemplação da condição humana. Para mostrar a minha admiração por este tipo de poesia, decidi tentar a minha sorte.

Haiku em português:

Lançado à rua
O guito dura pouco.
Logo é roubado.

A neve branca
Assenta bem no monte.
Mas queima as patas.

Fiquei 5 horas a olhar para uma cafeteira em ebulição para ter esta epifania. Acrescentei ainda o seguinte:

A cafeteira
ferve tranquilamente.
Mas queima as patas.

Nunca mais volto a fazer essa brincadeira...

4 comentários:

MRobalo disse...

Por favor ..volta a fazer isto.
Promete-me que sempre que não tiveres tema de conversa para por no blog vais fazer posts com haiku..por favor..promete.

Hugo disse...

Muito bem. Prometo transformar-me numa fábrica de fazer Haikus de merda.

MRobalo disse...

Já postavas qualquer merda

MRobalo disse...

em vez de gozares com a minha panasquice ja postavas qualquer coisa.
bjokas.